quinta-feira, 21 de março de 2019

Mudança climática






Download



Artigo 1: Objetivo e Âmbito

1. Esta Declaração proclama e elabora princípios éticos de tomada de decisão, formulação de políticas e outras ações relacionadas com a mudança climática. 

2. Esta Declaração recomenda que os Estados considerem estes princípios éticos em todas as decisões e ações relacionadas com a mudança climática que são tomadas nos âmbitos internacional, regional, nacional, subnacional e local, como for apropriado. 

3. Esta Declaração também convoca indivíduos, grupos, autoridades locais e territoriais, comunidades científicas e outras, incluindo comunidades indígenas, bem como organizações internacionais, o Sistema das Nações Unidas, instituições e empresas, públicas e privadas, em todos os âmbitos e em todos os setores para considerarem estes princípios éticos, como for apropriado, nas decisões e nas ações que tomarem em resposta à mudança climática.



17 Objetivos para um Desenvolvimento Sustentável


Dia Mundial da Água


22 de março


Nós, e todas as coisas vivas, dependemos da #água. Mas:

 
80% das pessoas que usam fontes de água inseguras e desprotegidas vivem em áreas rurais. 

 
Os menos propensos a ter água potável e saneamento e são os mais atingidos por essa privação. Água para todos! 








A poesia e a preservação das tradições



Retrato de Zinda, da República Democrática do Congo, por Patrick Willocq


Mulher indígena no 14º Acampamento Terra Livre, realizado em Brasília, em 2017. 
Foto: Media NINJA/Mobilização Nacional Indígena



“Cada forma de poesia é única, mas cada uma reflete o (que há de) universal na experiência humana, a aspiração à criatividade que atravessa todas as fronteiras do tempo e do espaço, na afirmação constante da humanidade como uma única família. Esse é o poder da poesia” - Diretora-Geral da UNESCO, Audrey Azoulay
  


Na sua mensagem para o Dia Mundial da Poesia, a UNESCO celebra a diversidade dos versos escritos por povos indígenas e originários de todas as partes do mundo. Para a Diretora-Geral da agência da ONU, Audrey Azoulay, a poesia indígena mostra “o seu papel poderoso no combate à marginalização e à injustiça”.

Na sua mensagem, a dirigente citou uma poesia de Wayne Keon, integrante da Primeira Nação de Nipissing, um povo indígena do Canadá:

tome a lua
e tome uma estrela
quando não sabe quem é
pinte a imagem na sua mão
e vá para casa
[…]
tome a lua
e faça-a falar
retire a sua alma
faça-a andar
pinte a imagem na sua mão
e vá para casa


De “Uivando para a lua”, de Wayne Keon (tradução livre)




Dia Mundial da Poesia










O poema

O poema me levará no tempo
Quando eu não for a habitação do tempo
E passarei sozinha
Entre as mãos de quem lê

O poema alguém o dirá
Às searas

Sua passagem se confundirá
Com o rumor do mar com o passar do vento

O poema habitará
O espaço mais concreto e mais atento

No ar claro nas tardes transparentes
Suas sílabas redondas

(Ó antigas ó longas
Eternas tardes lisas)

Mesmo que eu morra o poema encontrará
Uma praia onde quebrar as suas ondas

E entre quatro paredes densas
De funda e devorada solidão
Alguém seu próprio ser confundirá
Com o poema no tempo

Sophia de Mello Breyner Andresen



terça-feira, 19 de março de 2019